Tags

, , ,

 

A data no título é o tempo da sua vida que ele se dedicou à música – além de outras atividades. Nasceu em Paris, filho de judeus russos que haviam emigrado para a França, fugindo da revolução de 1917. O pai era pianista e tocava em clubes da cidade. Estreou em vinil em 1958 com Du Chant à la Une! Sua carreira deslanchou em 1966, em meio à febre das Ye Ye Girls, quando passou a compor e empresariar a jovem cantora France Gall. Em 1968 começou um affaire com a atriz Brigitte Bardot, com a qual gravou canções memoráveis.

A música “Je t’aime moi non plus” havia sido composta originalmente para Brigitte, mas ela, insegura com o escândalo que a música poderia causar (e certamente causou), preferiu não lançar o dueto. Serge, por sua vez, encontrou uma substituta à altura: a atriz britânica Jane Birkin, que já havia causado escândalo com cenas de nudez em Blow-Up (filme de Michelangelo Antonioni) e com a qual foi depois casado.

Serge Gainsbourg foi um talentoso compositor que soube trafegar por diversos ritmos e estilos. Produziu muitas músicas para filmes e trabalhos que vão do jazz ao rock ao reggae, incluindo um álbum com Sly Dunbar e Robbie Shakespere na Jamaica. Serge faleceu em 2 de março de 1991, e foi enterrado no cemitério de Montparnasse, ao lado dos pais.

Fonte

Sua discografia conta com mais de 20 álbuns, que podem ser encontrados para download (alguns) neste link.

Superbe chanson de Serge!