Tags

, , , , , , , ,

No mundo inteiro as indústrias fonográficas se pautam pela norte-americana ou inglesa e baseados nelas criam produtos locais. Na França não é diferente e na década de 50, inspirados no Elvis Presley, criaram o Johnny Hallyday, nos anos 80 na cola da Madonna lançaram Mylène Farmer, para competir com a Britney Spears apresentaram a Lorie, Léa Castel é a Rihanna francesa,  Emma Daumas é a Avril Lavigne e por aí vai. Há quem compare Charlie M a Lady Gaga, mas acho que ainda falta um pouco pra chegar lá, tanto musicalmente quanto artisticamente.

Ainda não há muita coisa escrita sobre a garota na imprensa mas para quem quiser saber mais aí vai o canal no Youtube, onde tem o vídeo do primeiro single “Jeux ma muse”.  A canção é meio grudenta, com um refrão meloso que fica bem na cabeça durante os minutos seguintes aos de ver o clipe. Ainda é cedo para afirmar se a moda Charlie M vai pegar na França mas uma coisa é certa ela tem pelo menos umas duas polegadas a mais de beleza que Lady Gaga.

Fonte: Amusicafrancofona