Tags

, , , , , , ,

SOS Racisme Concert in Paris

Esse ano Disiz La Peste retornou às paradas com o álbum “Extra-Lucide”, precedido por um EP na primavera, “Lucide”, e um single epônimo que anunciou esse projeto que parte do ponto das desigualdades que se fazem presentes na sociedade. “Je ne veux pas que mon pays devienne une nation où la jeunesse serait scindée entre ceux qui viennet des beaux quartiers et ceux qui viennent des banlieues”, diz o rapper, explicando que ele desejava tocar o público, sem ser apenas um “porta-voz”.

disiz extra lucideLançado no final de outubro, “Extra-Lucide” convenceu 15.000 ouvintes. Composto por vinte faixas, porque Disiz queria “dar tudo de uma vez ao público”, sem pensar em uma futura reedição, o álbum começou sendo promovido por “Best Day”, gravado com Automn Rowe, e pela música “Pour l’homme”, levemente modificada antes de ser enviada às rádios. Uma música intimista, com a qual Disiz abre seu coração, fala de amor e da sua infância.

Nesse álbum é possível encontrar várias participações, às vezes inesperadas, como a de Orelsan. O intérprete de “Sale pute” participa na música “Go go gadget”, música que vai levar o público, mas não será usada como single. É o que disse Disiz à Pure Charts (em francês): “Il n’est pas représentatif du disque. Pour moi, un single doit être représentatif de ce qu’on trouve dans un album. Ce featuring est une parenthèse. On s’est fait plaisir”.

Fonte: Charts in France